Documentação do Oracle Cloud Infrastructure

Gerenciando um Balanceador de Carga

Este tópico descreve como criar ou excluir um balanceador de carga no sistema.

Advertência

Evite inserir informações confidenciais ao designar descrições, tags ou nomes amigáveis aos seus recursos na nuvem por meio da Console, API ou CLI do Oracle Cloud Infrastructure.

Pré-requisitos

Para implementar um balanceador de carga de trabalho, você precisa:

  • Para um balanceador de carga público em uma região com vários domínios de disponibilidade , você precisa de uma VCN com uma sub-rede regional pública ou de pelo menos duas sub-redes públicas específicas do AD. No segundo caso, cada sub-rede específica para o AD deverá residir em um domínio de disponibilidade separado. Para obter mais informações sobre sub-redes, consulte VCNs e Sub-redes Públicas e Privadas.

    Advertência

    Você não pode especificar uma sub-rede privada para o seu balanceador de carga público.

  • Para um balanceador de carga público em uma região com apenas um domínio de disponibilidade, você precisa de uma VCN com pelo menos uma sub-rede pública.
  • Para um balanceador de carga privado em qualquer região, você precisa de uma VCN com pelo menos uma sub-rede privada.
  • Dois ou mais servidores de backend (instâncias do serviço Compute) em execução no seu aplicativo. Para obter mais informações sobre instâncias do serviço Compute, consulte Criando uma Instância.
Observação

Consumo de Endereços IP Privados

Um balanceador de carga público criado em uma sub-rede regional pública consome dois endereços IP privados da sub-rede host. Os balanceadores de carga principal e secundário residem na mesma sub-rede. Cada balanceador de carga requer um endereço IP privado dessa sub-rede. O serviço Load Balancing designa um endereço IP público flutuante que não é proveniente da sub-rede host.

Um balanceador de carga público criado em duas sub-redes públicas específicas para um AD consome dois endereços IP privados, um de cada sub-rede host. Os balanceadores de carga principal e secundário residem em sub-redes distintas. Cada balanceador de carga requer um endereço IP privado da sub-rede host. O serviço Load Balancing designa um endereço IP público flutuante, que não é proveniente das sub-redes hosts.

Um balanceador de carga privado criado em uma única sub-rede consome três endereços IP privados da sub-rede host. Os balanceadores de carga principal e secundário residem na mesma sub-rede. Cada balanceador de carga requer um endereço IP privado dessa sub-rede. O endereço IP privado flutuante também é proveniente da sub-rede host.

Como Trabalhar com Balanceadores de Carga

Para obter informações sobre o serviço Oracle Cloud Infrastructure Load Balancing, consulte Visão Geral do Serviço Load Balancing.

Para fins de controle de acesso, você deve especificar o compartimento onde deseja que o balanceador de carga resida. Consulte um administrador na sua organização se não estiver certo sobre qual compartimento usar. Para obter informações sobre compartimentos e controle de acesso, consulte Gerenciando Compartimentos.

Quando cria um balanceador de carga na sua VCN, você obtém um endereço IP público ou privado e a largura de banda total provisionada. Se precisar de outro endereço IP, você poderá criar outro balanceador de carga.

Um balanceador de carga público em uma região com vários domínios de disponibilidade requer uma sub-rede regional pública ou duas sub-redes específicas do AD para hospedar o balanceador de carga principal e um stand-by. No segundo caso, cada sub-rede específica para o AD deverá residir em um domínio de disponibilidade separado. Um balanceador de carga público em uma região com apenas um domínio de disponibilidade requer uma única sub-rede pública para hospedar o balanceador de carga principal e um balanceador stand-by. Para obter mais informações sobre VCNs e sub-redes, consulte Visão Geral do Serviço Networking. Você pode associar o endereço IPv4 público a um nome DNS de qualquer fornecedor. Você pode usar o endereço IP público como frontend para tráfego de entrada. O balanceador de carga pode rotear tráfego de dados para qualquer servidor de backend acessível pela VCN.

Um balanceador de carga privado requer que somente uma sub-rede hospede o balanceador de carga principal e um balanceador de carga stand-by. O endereço IP privado é local para a sub-rede. O balanceador de carga só pode ser acessado por meio da VCN que contém a sub-rede associada ou, de uma forma mais restrita, pelas suas regras de lista de segurança. O balanceador de carga pode rotear tráfego de dados para qualquer servidor de backend acessível pela VCN.

Os componentes essenciais para balanceamento de carga incluem:

Opcionalmente, você pode associar os seus listeners aos pacotes de certificados do servidor SSL para gerenciar a forma como o sistema trata o tráfego SSL. Consulte Gerenciando Certificados SSL.

Para obter informações sobre o número de balanceadores de carga que você pode ter, consulte Limites do Serviço.

Alterações de Configuração e Interrupção de Serviço

Para um balanceador de carga que está em execução, algumas alterações na configuração levam a interrupções do serviço. As diretrizes a seguir ajudam a entender o efeito das alterações no seu balanceador de carga.

  • As operações que adicionam, removem ou modificam um servidor de backend não criam interrupções no serviço Load Balancing.
  • As operações que editam uma política de verificação de integridade existente não criam interrupções no serviço Load Balancing.
  • As operações que disparam uma reconfiguração do balanceador de carga podem produzir uma breve interrupção do serviço com a possibilidade de encerramento de algumas conexões.

Status de Integridade

O serviço Load Balancing fornece indicadores de status de integridade que usam as suas políticas de verificação de integridade para reportar a integridade geral dos balanceadores de carga e de seus respectivos componentes. Você pode ver indicadores de status de integridade nas páginas Lista e Detalhes da Console para balanceadores de carga, conjuntos de backend e servidores de backend. Você também pode usar a API do serviço Load Balancing para recuperar essas informações.

Para obter informações gerais sobre indicadores de status da integridade, consulte Editando Políticas de Verificação de Integridade.

Resumo da Integridade do Balanceador de Carga

A lista de balanceadores de carga da Console fornece resumos de status que indicam a integridade geral de cada balanceador de carga. Os indicadores de status de integridade têm quatro níveis. O significado de cada nível é:

A lista de balanceadores de carga da Console fornece resumos de status que indicam a integridade geral de cada balanceador de carga. Os indicadores de status da integridade têm quatro níveis. O significado de cada nível é:

  • OK: Todos os conjuntos de backend associados ao balanceador de carga retornam um status OK.
  • WARNING: Todas estas condições são verdadeiras:

    • Pelo menos um conjunto de backend associado ao balanceador de carga retorna um status WARNING ou UNKNOWN.
    • Nenhum conjunto de backend retorna um status CRITICAL.
    • O estado do ciclo de vida do balanceador de carga é ACTIVE.
  • CRITICAL: Pelo menos um conjunto de backend associado ao balanceador de carga retorna um status CRITICAL.
  • UNKNOWN: Qualquer uma das seguintes condições é verdadeira:

    • O estado do ciclo de vida do balanceador de carga não é ACTIVE.
    • Não há conjunto de backend definido para o balanceador de carga.
    • Todas as seguintes condições são verdadeiras:

      • Mais da metade dos conjuntos de backend associados ao balanceador de carga retorna um status UNKNOWN.
      • Nenhum dos conjuntos de backend retorna um status WARNING ou CRITICAL.
      • O estado do ciclo de vida do balanceador de carga é ACTIVE.
    • O sistema não pôde recuperar métricas por algum motivo.

Para obter orientação sobre a detecção e correção de problemas comuns, consulte Usando o Status da Integridade.

Detalhes da Integridade do Balanceador de Carga

A página Detalhes do balanceador de carga fornece o mesmo indicador de status de Integridade Geral encontrado na lista de balanceadores de carga. Ela também inclui contadores para os valores de status de Integridade do Conjunto de Backend reportados pelos conjuntos de backend filhos do balanceador de carga.

Os indicadores do contador de status da integridade mostram o seguinte:

  • O número de entidades filhas que reportam o nível de status da integridade indicado.
  • Se um contador corresponder à integridade geral, o indicador terá uma cor de preenchimento.
  • Se um contador tiver um valor zero, o indicador terá um contorno cinza claro, sem cor de preenchimento.

Política do Serviço IAM Obrigatória

Para usar o Oracle Cloud Infrastructure, você deve receber o tipo de acesso necessário em uma política  criada por um administrador, independentemente de estar usando a Console ou a API REST com um SDK, a CLI ou outra ferramenta. Se você tentar executar uma ação e receber uma mensagem de que não tem permissão ou de que não está autorizado, confirme com o administrador o tipo de acesso que recebeu e em qual compartimento  deverá trabalhar.

Para administradores: para uma política típica que permite acesso a balanceadores de carga e seus respectivos componentes, consulte Permitir que os administradores de rede gerenciem balanceadores de carga.

Além disso, lembre-se de que uma instrução de política com inspect load-balancers oferece ao grupo especificado a capacidade de verificar todas as informações sobre os balanceadores de carga. Para obter mais informações, consulte Detalhes do Serviço Load Balancing.

Se você tiver pouca experiência com políticas, consulte Conceitos Básicos de Políticas e Políticas Comuns.

Usando a Console

Para criar um balanceador de carga
Para excluir um balanceador de carga

Movendo um Balanceador de Carga para Outro Compartimento

Você pode mover o seu balanceador de carga do compartimento atual para outro compartimento. Para obter informações sobre compartimentos e controle de acesso, consulte Gerenciando Compartimentos.

Para mover um balanceador de carga para outro compartimento

Gerenciando Tags para um Balanceador de Carga

Você pode aplicar tags aos seus recursos, tais como balanceadores de carga. Isso vai ajudá-lo a organizar os recursos de acordo com as suas necessidades de negócios. Você pode aplicar tags ao criar um balanceador de carga ou poderá atualizar o balanceador de carga posteriormente com as tags desejadas. Para obter informações gerais sobre a aplicação de tags, consulte Tags de Recursos.

Para gerenciar as tags de um balanceador de carga

Monitorando Recursos

Você pode monitorar a integridade, a capacidade e o desempenho dos recursos do Oracle Cloud Infrastructure usando métricas, alarmes e notificações. Para obter mais informações, consulte Visão Geral do Serviço Monitoring e Visão Geral do Serviço Notifications.

Para obter informações sobre o monitoramento do tráfego que passa pelo seu balanceador de carga, consulte Métricas do Serviço Load Balancing.

Usando a API

Para obter informações sobre o uso da API e solicitações de assinatura, consulte APIs REST e Credenciais de Segurança. Para obter informações sobre SDKs, consulte SDKs (Software Development Kits) e CLI (Command Line Interface).

Use estas operações de API para gerenciar balanceadores de carga: